Tratamentos Odontológicos

Agende sua consulta!

Implantes, por que fazê-los?

 A implantodontia é a especialidade odontológica que visa implantar, na mandíbula  ou na maxila, suportes ou estruturas de metal, geralmente feitos de titânio, destinados a suportar próteses unitárias, parciais ou totais.

Para quem é indicado os implantes?

Indicado para pessoas com perdas unitárias, parcial ou total dos elementos dentários, que estejam com a saúde em dia e gengivas e ossos saudáveis.

 Cada paciente necessita de uma revisão do histórico médico e dental, um exame clínico completo dos tecidos bucais, além de checar a consistência do osso de suporte dos maxilares.

Contra indicação dos implantes.

O implante é contraindicado em :

- crianças, pacientes em crescimento ósseo.

- cardíacos de alto risco.

- pacientes que se utilizem de medicamentos da classe dos bifosfonatos, que são fármacos utilizados em doença de Paget, neoplasias malignas e alguns casos de osteoporose,

- Diabéticos não controlados.

O que a perda dos dentes pode causar?

A ausência de um ou mais dentes pode:

- prejudicar significativamente a capacidade de mastigar e digerir os alimentos.

- atrapalha a fala.

- gera consequências sociais, psicológicas e emocionais que impactam a qualidade de vida, a autoimagem e a autoestima.

- interfere na estética bucal e facial.

Exames necessários para colocar um implante dentário

Para se colocar implantes dentários, precisamos saber como está a situação do osso que está abaixo da gengiva e para isso é fundamental uma radiografia panorâmica ou uma tomografia computadorizada.

O que é um implante de carga imediata e um implante de carga tardia?

Em geral, no processo convencional, o implante de carga tardia, permanece dentro do osso e gengiva de a quatro a seis meses e depois, é necessária uma segunda cirurgia para colocar a prótese definitiva.

 No de carga imediata, o pino de titânio se fixa imediatamente ao osso, uma cirurgia apenas  é necessária. Nesse caso, o paciente já sai com os novos dentes no mesmo dia em que os implantes foram feitos. Os dentes nesse tipo de implante só podem ser feitos de resina para posteriormente serem trocados por dentes de porcelana.

Tipos de Próteses sobre Implantes.

Coroa Unitária é uma prótese indicada para reposição de um dente sobre um implante.

Prótese parcial fixa

Prótese para reposição de mais de um dente sobre implantes. As coroas estão unidas e são apoiadas sobre pelo menos dois implantes.

Prótese Protocolo sobre implantes

Caracteriza por ser uma prótese total, semelhante a uma ponte dentária, semelhante a uma dentadura que fica fixa aos implantes através de parafusos. Infinitamente mais confortável que as dentaduras.

Indivíduos que perderam seus dentes e querem melhorar a qualidade de vida tem como uma solução o protocolo.

 Prótese Overdenture sobre implantes

Assim como o protocolo, as overdentures também são próteses totais apoiadas em

implantes, porém são removíveis, ou seja, o paciente necessita remover a prótese para limpeza diariamente (nesse caso, os implantes ajudam mais na retenção da prótese do que no suporte). São próteses implantomuco suportadas.

Cuidados pré cirúrgicos

-Anamnese é a coleta de informações sobre o paciente, para observar se possui alguma doença prévia, para saber qual o motivo que levou o paciente a procurar o dentitsta, hábitos bucais.

- Exame clínico é a avaliação da saúde bucal do paciente.

- Pedidos de exames complementares como raio X panorâmico e tomografia.

- Pedido de exames clínicos, como hemograma, creatinina, coagulograma, glicemia, sódio, potássio, atividade da protrombina e creatinina. Em pacientes com histórico de problemas cardíacos podem ser pedidos eletrocardiograma.

- Prescrições de medicamentos como antibiótico, analgésicos e anti-inflamatórios que deverão ser tomados nos horários recomendados pelo dentista.

Cuidados pós cirúrgicos.

O pós-operatório, na maioria dos casos, é

tranquilo.

Geralmente, após a cirurgia alguns cuidados deverão ser tomados. São eles:

- prescrição de medicamentos pós cirúrgicos,   como antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos, que deverão ser tomados nos horários recomendados.

- repouso por 48 horas após a cirurgia para evitar dores, edemas ,sangramentos e infecções.

-  A alimentação na primeira semana deve ser líquida, pastosa e gelada. Não coma nada duro, crocante, quente ou ácido.

- Não beba nada quente e gasoso.

- Deve-se dormir recostado no primeiro dia pós-cirurgia.

- Deve-se colocar compressas de gelo por fora da área operada nas primeiras 24 horas para diminuir a dor e ao inchaço.

- Não mastigue do lado que foi realizado o procedimento, principalmente durante os primeiros trinta dias.

- Não consuma bebidas alcoólicas ou fume durante todo o processo de cicatrização.

- Evite espirrar, tomar sol e assoar o nariz.

- Não faça atividade física por 7 a 10 dias após a cirurgia

A cooperação do paciente e o acompanhamento do dentista após a cirurgia do implante é essencial para o sucesso desse procedimento.

Marque uma avaliação no Grupo Orto e melhore sua qualidade de vida!

A satisfação dos nossos clientes é nossa prioridade!

 

AGENDE SUA AVALIAÇÃO

Nós ligamos para você!
Informe seu telefone e agende uma Avaliação.

separador 
captcha

 

Grupo Orto

Atualmente com 15 unidades, localizadas nos estados de São Paulo e Minas Gerais, o Grupo Orto já cuidou do sorriso de mais de 70 mil pacientes, comprovando a credibilidade conquistada e a excelência dos serviços prestados nos últimos 17 anos.

CONHEÇA NOSSAS UNIDADES

 



Aparelho para os seus dentes é aqui no GRUPO ORTO.

AGENDE SUA AVALIAÇÃO

 

Curta nossa Fan Page!

Siga nosso Instagram!

 

Grupo Orto - Odontologia de A a Z
Dr. Eduardo Mariano Pioltine | Resp. Técnico - CROSP: 104602 - CROSP-CL: 7157
Todas as imagens são meramente ilustrativas.